Reuters discute jornalismo colaborativo

Reuters_Livro_2

Já baixei e estou adorando a leitura que compartilho com vocês. “Publicado pelo Reuters Institute for the Study of Journalism, está disponível para download gratuito, mais um livro sobre Jornalismo Cidadão e Participativo. Coisa rápida, de apenas 50 páginas, mas incluindo tópicos como a incorporação da participação pelo mainstream e algumas predições para o futuro. O Institute tem uma considerável coleção de publicações disponíveis para download.”. Grande dica do GJOL por meio do Ponto Media de António Granado

Livro mapeia blogosfera

capa_blog_corporativo

Vivemos em uma nova era. Uma nova era em que o mercado e as pessoas passaram a gostar de interagir, opinar, participar e ajudar. Uma nova era de constante formação de opinião, reforçada pelo lançamento de websites que potencializam ainda mais a voz das pessoas. A era dos blogs. Nessa nova era, onde se situará a sua empresa ou seus negócios? No grupo das que blogam ou no grupo das que ignoram a blogosfera? Fábio Cipriani lançou um livro sobre o assunto, no Brasil.

TV1 discute a Web 2.0

Por Pollyana Ferrari

O termo snack culture, difundido pela revista norte-americana “Wired” em 2007, proliferou-se na Web por abranger produtos culturais, transformar desconhecidos em astros e criar produtos sob medida para o consumo orgânico da rede. Só é possível entender essas transformações que vivenciamos diariamente no uso de blogs, Twitter, YouTube, MySpace, Facebook e outras redes sociais voltando para a década de 1980. Nessa época, houve uma intensificação de misturas entre linguagens e meios, resultando em um ‘caldo’ cultural híbrido recheado de videocassetes, aparelhos do tipo ‘walkman’ – tudo devidamente embalado pela notável indústria de videoclipes e videogames. O lado negativo da proliferação da snack culture é a falta de profundidade em relação aos assuntos abordados. Mas o lado positivo é o faça-você-mesmo, a ‘remixagem’ diária da sociedade. Não existe, na música, na literatura e nas artes em geral, uma grande descoberta, mas sim vários autores tornando sua imagem seu próprio portfólio. Celebridades de Internet – Casos de sucesso O apresentador multimídia do CQC, e blogueiro, Marcelo Tas, tem 26 mil seguidores no Twitter e com esse absurdo volume, ganhou apoio publicitário da Telefônica. Outro exemplo é Mariana Santarém, de 18 anos, que discutia suas impressões sobre o mundo e dava dicas de maquiagem no seu próprio canal no YouTube. Recentemente, a garota foi descoberta pelo Boticário, que a transformou em garota propaganda da marca. Os vídeos de Mariana na web contabilizam hoje mais de 49 mil visitas no YouTube. Assista o vídeo

Pollyana Ferrari é jornalista, doutora em Comunicação Social pela USP, professora da PUC-SP e consultora web em arquitetura da informação e mídia social.

Mauricio de Sousa aposta no Twitter

Por Pollyana Ferrari

monica-jovem_manga

Responsável pela criação de personagens que sempre estiveram presentes na vida de várias gerações, o cartunista Mauricio de Sousa completou 50 anos de carreira na primeira quinzena de julho com a extraordinária marca de 1 bilhão de revistas publicadas. Ao longo desses anos, o público acompanhou não apenas as evoluções nos traços dos desenhos, mas a participação cada vez mais intensa dessas figuras no dia a dia das famílias brasileiras.

Mauricio mostra-se como um cartunista que está inserido em cada momento de avanço tecnológico e atento às mudanças do público. O autor já criou personagens que representam períodos marcantes para o País, como o Ronaldinho Gaúcho, em 2005, e as novas integrantes da Turma da Mônica, Tikara e Keika, lançadas ano passado para comemorar o Centenário da Imigração Japonesa no Brasil. Sua mais recente publicação, a Turma da Mônica Jovem, é considerada o maior sucesso dos quadrinhos nos últimos 30 anos. As quatro primeiras edições da revista venderam, juntas, mais de 1,5 milhão de exemplares, mostrando a capacidade do cartunista de obter êxito na comunicação com os adolescentes.

O cartunista também está atento às novas tecnologias: seu perfil no Twitter é atualizado e possui quase 36 mil seguidores. Além disso, acaba de lançar o site Máquina de Quadrinhos, voltado para crianças, que poderão criar as próprias histórias da Turma da Mônica”. Leia a entrevista completa no Nós da Comunicação.

Livro mapeia funcionalidades do Twitter

twitter_talklivro

“Tudo o que você precisa saber sobre o Twitter (você já aprendeu em uma mesa de bar)” foi  lançado recentemente na rede pela Talk Interactive e ficará disponível gratuitamente na Web – faça o download aqui em definição: baixa (2,7 MB), média (7,6 MB) e alta (10 MB).

“O que é Twitter? Para que serve? Por que todo mundo só fala nele? Como fazer parte da tuitosfera? Essas dúvidas que muita gente tem, mas não sabia para quem perguntar, agora já podem ser respondidas. Elas estão no primeiro guia online sobre a ferramenta. “Tudo o que você precisa saber sobre Twitter” é um livro disponível na internet com  licença Creative Commons, permitindo que qualquer pessoa leia, repasse e ajude a atualizar o livro colaborativamente.”

Século XXI